Vinho é outra coisa?!

A Revue du Vin de France acaba de publicar uma matéria sobre a proposta de lei de um deputado do PS de l`Aude, RolandRoland Courteau, que pretende distinguir o vinho sobre as demais bebidas alcoólicas. Para ele, vinho não é como as outras bebidas, faz parte da cultura por tanto tempo, é companhia das refeições por tantos séculos, é item econômico de tal monta para determinados departamentos da França, que é impossível tratá-la como uma outra bebida alcoólica qualquer.

Difícil legislar esta causa, porque a bebida é neutra, quem bebe que é civilizado ou não, independente do que bebe, por mais que os destilados induzam ao descontrole mais constantemente.

Preocupado com os excessos, o mundo civilizado e seu Estado Baby Sister controla a acão de todos, onde somos culpados perante a lei, antes que cometamos qualquer ato de irresponsabilidade.

Sem saber como fiscalizar, como coagir, como educar, o Estado torna-se terrível,  pune a torto e a direito, imputando criminalidade onde há hábitos mais do que consagrados, onde pessoas que não querem fazer e não vão fazer mal a ninguém – a não ser em fatalidades que ocorrem mesmo quando os cuidados são extremos – só porque tomam duas taças de vinho.

Parece que somos, aos olhos da lei, criminosos em potencial, prontos para sair matando uma dúzia de cidadãos, a partir do momento que entramos em contato com a bebida.

Digo por mim, que moro há mais de 30 anos na Vila Madalena, a lei se dirige a quem vem com 3 ou 4 cachaças na cabeça, frequentam os bares de cerveja por horas e horas de bebida e quem paga o pato do trança-pernas sou eu e você que nos submetemos à babá estadual que quer saber como nos comportamos, antes de fazer qualquer mal, com nossos pífios 200cl de vinho no sangue.

O vinho tem seus méritos consagrados, é bebida aceita pelo padre, pelo rabino, pelo seu patrão, pelo pai da sua namorada. O vinho é bebida civilizada e evidentemente não é a única. Difícil é conter os outros lobbies que viriam correndo gritar isonomia!

Para saber mais, acesse a linha abaixo:

http://www.larvf.com/,vins-roland-courteau-senateur-proposition-de-loi-le-vin-boisson-saine-distinguer,4363362.asp?xtor=EPR-2

Anúncios

Um comentário em “Vinho é outra coisa?!

  1. 4 coisas: Bien sr. Tout dabord, Salud Monsieur Courteau! Vos yeux, delegu Roland, ah les yeux, Honor, son laffectaction dun comportement, beaucoup plus que cela, sont une affirmattion de lme dans lapparence naturelle du vin, salud Monsieur! The guys from the other side of the Mancha should do the same with the waters consequences from the low and high lands. It’s a must. Trinta anos no nada. A Vila Madalena ainda sofrer alguns sculos. Que bela crnica, Tovrich. Parece vinho do timo, escorrega, no cai. Suavemente voc esculhamba com toda a poltica xoial arrotada direita e esquerda. Salud Copain darmes!

    Date: Fri, 7 Feb 2014 21:02:44 +0000 To: duboc9@hotmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s